"A vida é aquilo que você faz daquilo que te fizeram"

domingo, 18 de setembro de 2011

Se acomodar e se acostumar


O ser humano tem uma habilidade grande de se acostumar com certas situações e aprender a conviver com elas. Alguns dizem que nós nos acomodamos. Não encaro como uma acomodação, encaro como uma estratégia para se sobreviver. Existe muitas coisas que não dependem só de nós, existem muitas coisas que não estão em nossas mãos ou são ruins de mais para serem seguradas. É por isso que quando algo ruim acontece e não temos controle sobre isso ou formas de nos defender, aprendemos a lidar com o acontecimento de um jeito ou de outro. Cada pessoa lida com a tragédia, por assim dizer, de uma forma única e pessoal.

As crianças costumam reprimir situações traumáticas, esquecer, entender aquilo como algo normal ou negar para si mesmas que algo esteja acontecendo. De um jeito ou de outro, essas defesas permitem que a criança sobreviva, não de forma inteiramente saudável ou normal, mas ao menos sobreviva. É como se existisse um armário dentro do seu cérebro que você pudesse por tudo o que você não conseguisse resolver ou entender, tudo o que fosse doloroso de mais para se encarar. Com o tempo esse armário vai ficando cada vez mais cheio, até que chega uma hora que não cabe mais nada ali e então a cada pequena coisa que você tentar jogar lá, há o perigo de tudo vim a tona e toda aquela sujeira se espalhar pelo seu cérebro.

Eu não encaro como algo ruim colocar algumas coisas no armário, não acho que eu conseguiria estar aqui hoje se quando menor não tivesse a possibilidade de esquecer ali tudo o que era doloroso de mais para se lembrar. Algumas pessoas dizem que isso é se acomodar, não encaro isso como se acomodar, encaro como a única alternativa para determinadas situações. Acho que se acomodar não é jogar as coisas no armário, mas se esquecer de limpá-lo as vezes. Se acomodar é deixar que as coisas continuem se amontoando e amontoando e tornando seu cérebro cada vez mais sujo. Se acomodar é se esquecer que o armário enche e que é preciso jogar algumas coisas fora de vez em quando. É uma tarefa difícil, extremamente complexa e dolorosa, mas necessária. Se acostumar com uma situação nem sempre significar se acomodar, se acostumar pode ser a única alternativa para lidar com aquela situação no momento, se acomodar é nunca mais se mexer porque um dia aquilo aconteceu. Entende a diferença?

3 comentários:

Júlia disse...

Estou indo dormir agora, por isso nao falarei mto, passei msm para mandar lembrnaças, e um grande Oi, bjãooo...

Sáh disse...

Olá! Quanto tempo. Olha, você finalmente colocou uma foto! Preciso dizer que você é linda. Muita força pra você gata, espero que esteja tudo bem.

Abraços!

Júlia disse...

Oie...é começei a aparecer, e pretendo atualizar as fotos, todo sábado, Muita força pra ti tbem..Bjao