"A vida é aquilo que você faz daquilo que te fizeram"

sábado, 24 de julho de 2010

Um dia você colhe, certo?



Cara... Esse ditado popular me da medo, "O que você planta hoje, você colhe amanhã", meio assustador, não é não? Fico só pensando quantas milhões de coisas erradas eu fiz, coisas que talvez eu nem tenha percebido, e vão todas voltar para mim. Tá ai o motivo da minha vida ser um lixo. Tá explicado. O engraçado é que eu sou uma pessoa que adoro ficar me remoendo pelos meus erros, então eu fico achando que tudo de ruim que acontece comigo, de um jeito ou de outro, eu mereço, mas tem gente que não. Tem gente que acha que é Deus na Terra ou coisa assim, tem gente que acha que é santo, eles acham que... sei lá! Que não erram ou que as coisas boas que eles fazem são infinitamente maiores que seus erros. Mew! Não importa se você tá salvando a vida de um órfão se quando você pisa em casa você chuta teu irmão!

Gente que se acha santa me irrita tanto... Mas tanto! Que vocês não fazem idéia. Pior que é só rindo, sério mesmo, só rindo pra suporta gente idiota assim, meu Deus. Um dia... Um dia eu ainda vo ter um mega ataque de gargalhada no meio da escola, mas beleza. Não estranhem. As pessoas são tão ridículas as vezes, não dá para evitar.

Pois é... Esse tipo de ditado do mal não funciona com os "santinhos". Eles vão ficar feliz ouvindo isso, como se não errassem! Vão ficar feliz pensando em todas as coisas boas que fizeram e que tudo vai voltar para eles, vão ficar se engrandecendo, feito uns idiotas. Tudo bem, filho de Deus, coisas boas vão voltar. Mas sinceramente eu acho que as chances das coisas ruins voltarem são muito maiores. Pelo menos no meu universo paralelo não-perfeito, é claro. De qualquer jeito, talvez ai no seu mundinho você seja um santo e tudo seja cor-de-rosa, dane-se. Quero que você se exploda, to falando com gente que pensa mais do que uma criança de 7 anos (sem querer ofender as crianças, claro).

Bom... O problema, realmente, é que na prática esse ditado nem sempre funciona (e eu não sei se isso é bom ou ruim... mas enfim). Eu posso muito bem ajudar uma velhinha a atravessar a rua e ser atropelada logo em seguida. Posso morrer tentando salvar alguém e etc e etc. Mas ai você vira um heroizinho e todo mundo vai chorar falando que você realmente era um santo e todas aquelas falsidades irritantes, então vamos para um caso mais real. Você pode... Passar a porcaria da tua vida destruindo totalmente as pessoas mais fracas, você pode ser aquela menina que adora ridicularizar as mais tímidas, você pode ser um expecialista em destruir a autoestima de uma criança, enfim... Você pode ser um daqueles monstrinhos malignos que todo mundo conheçe ou pelo menos já viu uma vez na vida (se você for a vítima, meus pêsames). E o que você recebe em troca? Sendo um tirano? Olha só! Contra todos os ditados populares, você é bonito, bem casado, bem sucedido, você é admirado e reconhecido.

Ninguém para pra pensar em onde está a garotinha tímida, né? Onde está o menininho inseguro? Onde estão as vítimas? Ninguém para pra pensar em quantas cabeças, quantos sonhos e vidas até, aquele idiota teve que destruir para estar no alto agora. Não, ninguém pensa porcaria nenhuma. Porra de mundo burro e insensível.

Um comentário:

Giovanni disse...

e essa boca suja ein ¬¬'
bom.. indireta neh =O eu sei q me axo santo u.u mas bom eu ja disse essas pessoas inclusive eu so ficam/ficamos assim tipo 'eu so santo/foda/bonito/gostoso' pra levanta a auto-estima, ninguem vai faze isso pra mim... entaum eu faço

mas eh um otimo post parabens novamente